medão

3:56 PM

Ultimamente tenho assistido bastantes filmes de terror. Ultimamente não, vá, o último filme do gênero que vi foi Invocação do Mal que é bem tranquilo de assistir. É quase na mesma vibe que Insidious, outro que também falhou em me deixar com medo, mas acho que fugi do assunto.

O fato é que agora pouquíssimos filmes me deixam com aquele medo depois de assistir. Bem capaz de eu estar apenas ficando velha e cética, acho que acaba acontecendo com todo mundo que gosta desse tipo de filme.

Mas de uns tempos pra cá ando notando umas coisas muito estranhas acontecendo. Teve uma vez que eu vi de repente uma sombra desaparecer e logo depois (enquanto eu estava rezando, admito que estava um pouco nervosa; eu nem sei se Deus existe também) eu senti um peso horrível me impedindo de respirar. Acendi as luzes e dormi. Outro dia eu ouvia um som como se alguém estivesse respirando. Achei que estava ficando doida, bem provável que fosse o vento. O estranho era o som ser precisamente ritmado, quase uma respiração. Estranhei, mas dormi.

E ontem, p**a que me pariu, sei lá por que diabos a porta ficava abrindo toda a hora. O vento devia estar forte mesmo, apesar de eu ter fechado as janelas. E aquele barulho estava quase me matando de raiva. Até, por um segundo, achei que tinha alguma coisa engraçadinha querendo me irritar e abri a porta de supetão. Não, não tinha ninguém lá, apesar de eu estar esperando alguma coisa de cara bem feia, quase uma menina do exorcista. Com certeza ia bater no desgraçado.

O mais engraçado é que eu fiz exatamente o que um personagem de filme faria, enquanto você está no sofá quase se descabelando gritando: "NÃO ABRE ESSA PORTA P***A!"

Talvez eu esteja com princípios de esquizofrênia (Deus me livre). Acho mesmo é que já passou da hora de ter medo desses fantasminhas. Estou é com raiva de não me deixarem dormir.

You Might Also Like

0 comentários.

Subscribe