tirando o pó

10:06 PM

tô ouvindo a música mais fossa da face do planeta. Agora não choro mais, mas antes, o choro era como água.

Uma das minhas metas de férias era conseguir fazer um layout pro tumblr, já que eu acho a interface um pouco mais amigável que o blogger. Porém, como a maioria das metas de férias, eu não consegui realizá-la com êxito. Digamos que eu mal li a página inteira sobre customização de do layout tumblrístico e também não vi todos os vídeos do tutorial de html do lynda. Eu provavelmente sabia um bocado de coisa de lá, mas o que é bom eu ainda não sei. Nem cheguei a baixar um tutorial de flash, porque obviamente essa era uma ideia que nem condizia com a minha disponibilidade de tempo desse mês.

Passei o mês inteiro adiando essa postagem porque pensei seriamente em mudar-me completamente para o tumblr (mas falhei), fiquei com preguiça, não consegui fazer um layout novo para o blog e ando me ocupando com um novo "diário".

Já ouviram falar nos art journals? São como um diário, mas geralmente de artistas, nos quais eles mais desenham e pintam que escrevem. Sempre quis ter um e precisava treinar minhas skills de desenho (toscas, é claro) e de colagem (um pouco mais decentes). Como ganhei um moleskine de presente da minha prima, achei que seria interessante usá-lo para este fim, além de servir como agenda. Ainda não fiz muitas coisas legais nele, mas numa próxima postagem eu mostro as páginas já existentes.

Um grande problema que eu encontro é como esconder coisas pessoais que venham a aparecer nas páginas desse diário. Eu escrevo uma frase e depois escrevo outra coisa por cima, para ficar ilegível. Mas depois nem eu mesma entendo, e pensei em criar algum código para que as pessoas não lessem. Japonês parece uma boa alternativa, mas algumas pessoas que eu conheço sabem ler, então ainda não sei se uso mesmo essa opção. Também posso escrever em uma ordem completamente aleatória, para que as pessoas não entendam. É, parece uma boa ideia.

You Might Also Like

0 comentários.

Subscribe