enquanto eu não tinha internet

6:24 PM


Sem conexão. Parece que sem internet não tenho o que fazer. E não é pra menos, fazer meu trabalho dependia do Google Maps, do Wikimapia e das informações do site da HABISP. Parece que me fudi.

Nesse momento de ócio extremo, tudo o que consigo fazer é ouvir um desses álbuns que eu baixei, porém nunca tive tempo pra escutar. E não é que é bom? The Album Leaf. Parece promissor.

E por mais que eu me distraia, não há como desviar meus pensamentos de você. Quando paro para descansar, nem que seja por um segundo, eu finjo que minha cabeça repousa no seu colo. Eu ainda acho que seus braços vão me envolver quando eu virar de costas pra parede. E eu escuto Cícero e penso unicamente em você.

Hoje de manhã, quando saí de casa, peguei um ônibus e vi alguém muito semelhante à sua figura. Naquele momento senti meu coração pular. É engraçado como nossa mente prega essas peças na gente. Eu continuo te procurando, inconscientemente, mesmo sabendo que você não poderia estar aqui.

Esperando, também, suas mensagens que nunca chegam. Sem conexão. Com você.

Olha só, a internet voltou. Preciso terminar meu trabalho e, quem sabe, mandar uma mensagem via facebook. Mas eu sei que eu vou olhar para aquela caixinha digitando e apagando, pra no final não dizer nada.

[Cícero - Tempo de Pipa]

You Might Also Like

0 comentários.

Subscribe