Despedida

4:15 AM


Eu queria poder me imaginar no aeroporto. Me sentir abraçada uma última vez. E eu sorrio por você. E pela primeira vez eu veria seus olhos com lágrimas. Logo os meus também estariam.

Eu me imagino forte o suficiente para não chorar nem gaguejar ao falar. Poderia fazer uma graça, tentar te fazer rir. Tentar inverter os papeis.

E uma última vez nós nos olharíamos com carinho. Esperançosos e ao mesmo tempo, sem expectativas. Porque o futuro, no momento, é muito incerto. E nenhum de nós quer se comprometer.

E no último adeus, o sentimento de que não há arrependimentos. Porque tudo o que estava ao nosso alcance foi feito. É o início do que eu chamo de sentir saudades de uma boa lembrança.

Eu queria poder te dizer tudo isso. Se você atendesse o celular.

Um longo até mais, um breve adeus; pra quem eu espero reencontrar algum dia.

You Might Also Like

0 comentários.

Subscribe