incômodo

1:45 PM

Dias como esse me deixam inquieta. Ou seria apenas um dia normal se eu mesma não estivesse inquieta.


Às vezes, na verdade muitas vezes, fico pensando se são obras dos hormônios. Eles me dão cólica com duração de uma semana, dores de cabeça, alguns enjôos, fome demais, chororô por nada e sete dias exaustivos, nos quais eu me permito ficar um tempo a mais na minha cama por conta da preguiça de carregar a bolsa de água quente pra lá e pra cá.

Eis que seria um dia normal. Na verdade, não tanto, mas eu poderia rever alguns amigos, pisar na faculdade depois de um mês fora dela e, de quebra, ficar bem na fita porque estaria contribuindo com arrecadação de fundos para um bem maior. Não que sejam detalhes importantes.

E entre aquelas inúmeras pessoas, algumas poucas se salvavam. Aquelas que não precisam mais que algumas poucas palavras pra me deixar à vontade naquele lugar movimentado, que cheirava a carvão e pinga.

No meio destas, a outra grande parte da multidão, de pessoas indiferentes ou daquelas que não me apetecem, mas eu aguento do mesmo jeito. Consigo ignorar muitas vezes, só me senti extremamente incomodada com elas hoje.

Talvez sejam os hormônios mesmo. Mas admito que são nesses dias que me sinto uma charrete em São Paulo.

You Might Also Like

0 comentários.

Subscribe