oh simple thing, where have you gone?

4:55 AM

Madrugada de insônia. Já cansei de contá-las e esta é apenas mais uma delas.

Ao mesmo tempo que me sinto cansada, eu não consigo dormir. Eu não quero pensar. Eu não quero continuar a fazer esses trabalhos, olhar pra página inicial do facebook, estudar, pensar em você. Eu só queria dormir, poxa.

Tão cansada que o estado catatônico não permite mais responder à depressão pré-sono.

Eu continuo pensando em você. E que um abraço seu pode fazer muita falta. Imagino se posso substituí-lo. Claro que você ia deixar, tudo é melhor que me ver assim.

Mas, depois de muitos anos, pra afastar a solidão, eu abraço um bichinho de pelúcia. Presente de um amigo querido, porque se fosse seu, eu provavelmente já teria guardado em uma caixa.

Porém, nem isso me conforta mais. Eu coloco os fones de ouvido e ouço uma música daquelas que você quase sente a necessidade de cortar os pulsos logo depois. Nada.

E, antes de apertar o play em Joy Division, eu lembro que existe Keane e, se você não fica triste com isso, meu caro, você é um tanto forte. Mas admito que dessa vez eu me esforcei pra chorar. Geralmente depois de um choro bem dado, vem o cansaço e eu durmo em paz. Só que eu estou aqui.

Por favor, vem cantar comigo. Nós podemos fazer isso juntos e adormecer. Amanhã eu queria abrir os olhos e te ver.

Só que, até onde eu sei, eu só consigo te ver de olhos fechados.


You Might Also Like

0 comentários.

Subscribe